fbpx

Cuide do seu bem-estar mental 

“Quando a dor de não estar vivendo for maior que o medo da mudança, a pessoa muda”. 

Sigmund Freud 

Fabiana Alonso é uma psicóloga com  experiência de 18 anos em Recursos Humanos. Com forte atuação em Psicologia Hospitalar em UTI no atendimento aos pacientes e seus familiares.  Ampla vivência na área de psicologia clínica no atendimento em consultório particular, com ênfase na abordagem Psicanalítica. Desenvolve sua prática com uma escuta analítica, ética, visando o acolhimento, conhecimento técnico e teórico oferecido pela ciência psicológica.

Atendimentos em Psicologia

Psicoterapia para adolescentes

Psicoterapia de longa e breve duração de acordo com a situação e necessidade e disponibilidade de cada paciente.

Pscoterapia para Adultos

O desempenho do RH estruturado e estratégico gera satisfação e valor  aos colaboradores, organização, parceiros
e clientes.

Entenda os conceitos

Saiba o que faz o psicoterapeuta e o que é a psicoterapia e a psicanálise.

psicoterapeuta

“Estudam, pesquisam e avaliam o desenvolvimento emocional e os processos mentais e sociais de indivíduos, grupos e instituições, com a finalidade de análise, tratamento, orientação e educação; diagnosticam e avaliam distúrbios emocionais e mentais e de adaptação social, elucidando conflitos e questões e acompanhando o(s) paciente(s) durante o processo de tratamento ou cura; investigam os fatores inconscientes do comportamento individual e grupal, tornando-os conscientes; desenvolvem pesquisas experimentais, teóricas e clínicas e coordenam equipes e atividades de área e afins.” (CBO.2.4.4, BRASIL, MTE)

Psicoterapia

Pode ser considerado como um tratamento de problemas e/ou transtornos psíquicos do indivíduo por meios dispovíveis da ciência psicológica. O tipo de psicoterapia pode variar segundo a natureza dos problemas do paciente, o diagnóstico, a idade, maturidade, situação familiar e social. Em geral existem três formas de psicoterapia: individual, em grupo e institucional (realizada em casas de saúde, ou outras instituições que costumam ter internos).

PSICANÁLISE

Termo criado por Sigmund Freud para nomear um método particular de terapia, pautado na exploração do inconsciente, com a ajuda da associação livre, por parte do paciente e da interpretação por parte do psicanalista.

Alguns motivos para procurar um psicólogo

O processo de psicoterapia acontece como uma investigação e algumas descobertas do próprio paciente a respeito de suas questões emocionais e comportamentais. Com estas descobertas algumas vezes o paciente inicia a compreenção de alguns dos motivos que influenciam sua atual forma de viver, podendo se tornar responsável por modificá-la se assim desejar, uma das vertentes da psicoterapia e a busca da autonomia do ser pelo autoconhecimento.

Depressão e ansiedade

Muitas vezes os quadros de ansiedade ou depressão levam a sentimentos como: choro excessivo, irritabilidade, isolamento social,  pensamento acelerado, sensação de cansaço físico e mental. Além de outros sintomas como: sentimento de vazio existencial,  tristeza, falta de propósito na vida e até ideação suicida. Nesses casos, o apoio psicológico pode ajudar muito.

Dificuldades nas relações interpessoais

Os problemas de relacionamentos interpessoais são muito mais comuns do que imaginamos. Sejam em relação ao convívio entre pais e filhos, casais e até dificuldades de fazer amigos. E  são um dos grandes motivos que levam as pessoas a buscarem por um apoio psicológico.

Dificuldades de concentração e/ou aprendizagem

Muitas são as razões que levam as pessoas a terem dificuldades de concentração e/ou de aprendizagem, sendo que algumas causas estão relacionadas aos aspectos psicológicos,  que podem ser identificados e acompanhados por um profissional de psicologia.

Perdas ou mudanças de vida

O luto pela perda de um ente querido, uma separação conjugal, a mudança de ambiente de convivência e até mesmo a perda de um emprego, são exemplos de situações que podem causar muito sofrimento, angústia e desencadear problemas psicológicos que podem ser amenizados com um acompanhamento de um psicólogo.

Abusos, traumas e bullying

Entre os motivos para procurar um profissional de psicologia estão os abusos físicos ou mentais, traumas e o bullying. Esses motivos levam muitas vezes a muitos bloqueios internos que impedem a pessoa de levar uma vida normal, livre de medos, lembranças traumáticas, vergonha, entre outros. Para esses casos, o apoio de um psicólogo é de extrema importância.

Pensamentos e comportamentos obsessivos

Perturbação obsessiva-compulsiva (POC) ou transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) é uma perturbação mental caracterizada por obsessões e compulsões. Os pensamentos e comportamentos obsessivos são em grande parte aparentemente incontroláveis, por isso,  o acompanhamento psicológico pode ser muito indicado.

O tratamento psicológico

A psicoterapia é um tratamento psicológico que ocorre por meio de uma análise clínica detalhada em consultório, em uma ou duas horas por semana, com horário pré determinado, os conteúdos tratados são de total sigilo entre paciente e terapeuta.

Nos casos que forem necessários a psicóloga pode efetuar o encaminhamento para profissionais recomendados e igualmente capacitados de diversas áreas da saúde para análise e/ou tratamento conforme parecer do profissional encaminhado.

ENTRE EM CONTATO

Consultório de psicologia

Alameda Terracota, 215 sl. 823 Torre Union – Cerâmica – São Caetano do Sul – SP

telefone

55+11 99940-3900

E-mail

fabiana@psicoterapiaclinica.com.br

l

FORMA DE ATENDIMENTO

Consulta particular ou por Reembolso

}

Horário de atendimento

de Segunda à Sexta das 08h as 20h

ÚLTIMOS POSTS DO BLOG

Psicoterapia: O que é e como funciona?

O QUE É A PSICOTERAPIA E COMO FUNCIONA   Quando falamos sobre o processo de psicoterapia estamos nos referindo a um tratamento para problemas psicológicos e emocionais, ou mesmo a procura pelo autoconhecimento, se entender melhor, saber lidar com os sentimentos, e...

O que é psicoterapia breve?

Você sabe o que é psicoterapia breve?   A maioria das abordagens psicanalíticas podem ser tanto de curto quanto de longo prazo. O tipo de abordagem depende das preferências e necessidades do paciente. Algumas dessas abordagens são apenas de curto prazo, denominadas de...